Alimentação

Quero mudar e melhorar minha alimentação, como faço?

“Cair a ficha” de que seu corpo, saúde e mente estão pedindo mudanças é muito bom!

Helloowwww people! Como estão?

Depois de ouvir tantas pessoas dizendo o quanto é difícil se ter uma alimentação saudável no dia a dia, resolvi fazer esse post para dar um “empurrãozinho” inicial para quem não tem conhecimento e quer passar a entender que comida saudável pode ser gostosa sim e é pra todo mundo.

O problema é que muitas pessoas vêm de uma educação ou cultura de comer de qualquer forma, ter refrigerantes na geladeira, comer frituras por achar que é mais fácil de preparar, entre outros vícios.

Mas hoje eu quero mostrar que o outro caminho também é fácil, também é gostoso e também pode ser prático. Isso só depende de você!

Hoje em dia a mídia está cada vez mais mostrando à população o quanto é importante comer comida saudável, a prezar pela saúde e a conquistar qualidade de vida. Então esse assunto é mais que acessível a todos. #fato
Ninguém quer, da noite para o dia, passar a ter problemas de saúde e passar a comer saudavelmente por obrigação, certo? Porque se você não mudar agora, é isso que vai acontecer depois…

Então vamos a algumas dicas para transição de uma alimentação não-saudável para uma alimentação mais saudável sem sofrimento:

  • Tire os refrigerantes da geladeira/ dispensa: se você faz o consumo diariamente, passe a consumir apenas nos fins de semana e depois que se adaptar a essa diminuição do consumo, pare de ter em casa.
  • Pare de comprar batata industrializada e frango a passarinho para fritar: fico boba como vejo pessoas nessa sessão no supermercado. Que vício desnecessário minha gente! Um belo escondidinho de frango com esses mesmos ingrediente pode ser muito mais saudável e gostoso e o que muda é apenas o modo de preparo.
  • Vá retirando as opções de produtos industrializados da dispensa/ geladeira: sem dúvidas a grande quantidade de sódio, corantes e conservantes desses alimentos são os grandes vilões das doenças existentes. Comprometa-se em cozinhar para você, use alimentos in natura e a cada semana vá retirando gradativamente esse tipo de produto da sua casa. Só de líquido retido no seu corpo, na primeira semana, você vai perder alguns quilinhos viu?
  • Não tenha óleos de má qualidade em casa: opte por bons tipos de óleo ou use azeite (apenas para dourar o alho, ok?, nada mais do que isso).
  • Pare de frequentar a padaria todos os dias: tem gente que não consegue entrar na padaria e trazer apenas um pão francês e sim traz de tudo um pouco que tem lá. Passe a fazer seu próprio café da manhã. Vai sair mais rico em nutrientes e mais gostoso do que o tradicional pão com manteiga, além de mais saudável. Um exemplo disso é você consumir o carboidrato em raízes (aipim, inhame, batata) ou tapioca (mostrei várias opções de recheios saudáveis aqui), a proteína pode ser ovos, atum, iogurte e leite, e de gordura boa uma pasta de amendoim, azeite, castanhas… Vá tentando diminuir as visitas à padaria e fazer as substituições, você vai ver que consegue.
  • Troque seu tipo de leite: troque seu leite integral para o leite desnatado. Só nessa brincadeira você estará ingerindo menos gordura no seu dia.
  • Guloseimas e doces só no fim de semana: terminou de almoçar e deu vontade de doce? Escove os dentes imediatamente que passa! Deixe para fazer o consumo (moderado) apenas nos finais de semana.

vegetais-brunabussular

  • Encha a geladeira de frutas, verduras e legumes: mesmo que você não tenha hábito de consumi-los, compre e comece a cozinhá-los e fazer o consumo. Eles possuem nutrientes e vitaminas essenciais para nossa saúde.
  • Opte por carnes magras como: carnes brancas (peixe e peito de frango) e carnes vermelhas (patinho, maminha, músculo, lagarto e filé mignon) e as prepare grelhadas, cozidas ou ensopadas. Nada de fritura!
  • Água sempre que pensar em ter uma recaída: sabe aquela situação em que você coloca água na boca e não engole para não dar má resposta a alguém? Use isso a seu favor e beba água sempre que estiver na intenção de comer ou beber uma besteirinha.
  • Ouse “marmitar”: sim! Hoje em dia é muito comum ver as pessoas levando a comida de casa e comer em qualquer lugar. Sim… qualquer lugar mesmo! Quem prefere confiar apenas no que faz e optar por uma vida saudável muitas vezes prefere adotar essa prática. Eu mesma sou dessas! 🙋 E por que você não? Vamos!

Gente, nosso organismo e paladar se adaptam! Já falei algumas vezes aqui sobre isso. Então, o segredo é só você começar que o seu organismo vai fazer o resto por você. É só ter um pouco de paciência, pois isso não ocorre da noite para o dia, mas também não demora muito. É crer e praticar para ver.

prato-saudavel-brunabussular

Outra coisa importante a se fazer com o passar do tempo é: não ter alimentos não saudáveis em casa! Se não tem, não se come, certo?

Se você tiver mais ideias legais que possam ajudar nessa mudança, deixa aqui nos comentários que atualizo o post acrescentando depois 😉

O que comer e como se alimentar bem? Clique ⇒ Você já procurou entender a Pirâmide Alimentar?

Espero que esses “toques” ajude quem quer começar a melhorar a qualidade de vida e a saúde.

Me siga nas redes sociais:
FacebookInstagram ∾ PinterestGoogle+

Beeeeijos da Bru 💋para-dieta-adequada-nutricionista1

COMPARTILHE esse post:

10 Comentários

  1. Jessica Almeida

    4 de junho de 2016 at 12:58 am

    Ameeei o post. E é como você falou “O problema é que muitas pessoas vêm de uma educação ou cultura de comer de qualquer forma”, o que é a mais pura verdade. Precisamos aprender a comer bem e melhor. E o bacana é que depois que acostumamos com esses novos hábitos não conseguimos voltar a comer “mal”. Adorei as dicas! Beijos, linda <3

    http://www.jehalmeida.com

    1. Bruna Bussular

      5 de junho de 2016 at 5:12 pm

      Que bom que gostou lindona! Beeeijos

  2. natasharomasz

    12 de abril de 2016 at 10:11 pm

    Se nao tem, nao come! hahahaha é muito isso, né Bru? E é bem mais fácil se manter saudável livre das tentações!!

    Um beijo, Na
    http://www.hamburguesinha.com.br

    1. Bruna Bussular

      13 de abril de 2016 at 6:46 pm

      Eu particularmente uso essa tática aqui em casa Na!

      Beeeijos

  3. silvana

    11 de abril de 2016 at 1:51 pm

    Oi Bru! Eu sou uma pessoa que posso dizer que não tenho uma alimentação tão ruim, eu não tomo refrigerante na semana, tomo somente aos finais de semana, em ocasiões especiais ou onde não tem suco, só como carne branca e como pouco doce, o meu problema é somente para ingerir verduras e legumes, não consigo comer muitos, mas aos poucos estou tentando reverter 🙁
    Gostei bastante do post e das dicas!

    bjs

    http://www.tpmbasica.com.br
    youtube.com/tpmbasica

    1. Bruna Bussular

      12 de abril de 2016 at 12:07 pm

      Oi Sil, isso que você já faz é muito bom!
      Sobre verduras e legumes, veja preparos nos quais você pode misturar com algo que gosta para adaptar seu paladar.
      Ou tente tomar com frutas em sucos, que tal?

      Beeeijos

  4. Ana Paula

    10 de abril de 2016 at 7:58 am

    Ei, Bru!!
    AMEI!!!! Cada prato mais gostoso do que o outro! No dia que você postou já animei de fazer aqui… agora, lendo o post (finalmente consegui te visitar! haha!), fiquei ainda mais animada! rss..
    Suas dicas no final são MUUUITO importantes!!!
    Eu queria era morar aí pra você montar um cardápio pra mim! Não sou de comer besteira mas queria opções para uma dieta variada, sabe?!
    Beijos e parabéns!
    O Blog tá cada vez melhor!! Adoro!!

    1. Bruna Bussular

      10 de abril de 2016 at 11:54 am

      Obrigada minha flor!
      Seria muito bom ter você como vizinha hahaha
      Beeeeijos

  5. Bárbara Almeida

    7 de abril de 2016 at 7:20 pm

    No início gera muitas dúvidas mesmo, eu tive acompanhamento na época que decidi fazer a dieta e ajuda muito. Até porque o cara fez de graça hahaha, porque ele estava começando, então ajudei a divulgar o trabalho dele (na época eu nem tinha blog).
    Ótimas dicas (:

    Beijos, Love is Colorful

    1. Bruna Bussular

      10 de abril de 2016 at 11:53 am

      Ter acompanhamento também é sempre bom Bah.

      Beeeijos

Comente aqui! Vamos conversar ;)